Desemprego não é falta de vaga, é falta de qualificação!

É comum encontrarmos todos os dias nos jornais, matérias sobre a alta taxa de desemprego e o quanto essa porcentagem afeta a economia (principalmente após um cenário pós pandemia). No entanto, por outro lado sabemos que nem sempre essa taxa está atrelada à falta de oportunidades, e sim, à falta de mão de obra qualificada.


Emanuele Toledo - Publicado em: 09/11/2020



post img



Eu tenho certeza de que se eu te perguntar se na sua empresa possui hoje uma vaga para um bom candidato, eu sei que a resposta será sim! Afinal, sempre há oportunidade para excelentes profissionais.

Todo empresário deseja contratar bons profissionais para o seu time, porém há ainda hoje muito mais escassez de mão de obra qualificada do que falta de oportunidades. Após longos meses com uma economia estagnada, a retomada ao mercado de trabalho exige profissionais que estejam preparados para encarar o novo cenário e estejam dispostos a novos desafios.

A baixa mão de obra qualificada no mercado é responsável por uma boa parte da taxa de desemprego no país, isso quer dizer que muitas organizações estão dispostas a contratar profissionais para determinados cargos, mas precisam exigir uma qualificação mínima que muitas vezes é difícil de encontrar.

Apesar de não ser correto, é bem usual a prática de indicação dentro das empresas, porém essa é uma prática ineficaz quando se trata de reter esses profissionais, porque além de não possuírem os requisitos para preencherem a vaga, são mais suscetíveis a darem algum problema ao longo do tempo.

Nesses casos, é imprescindível que os empregadores busquem por talentos que de fato sejam qualificados e estejam aderentes a ocupar o cargo disponível na empresa, e por isso precisam contar com especialistas no assunto e somar a oportunidade ao talento; e de talentos nós entendemos! Clique aqui para conhecer os nossos serviços e a aprender a contratar os profissionais pela competência e não apenas pela conveniência.

Leia também: